Como amar ... Katy Perry, em 5 lições.

by - domingo, setembro 25, 2011

Sei que eu pago uma de intelectual, de moça politizada que faz teatro, de roqueirinha consciente e tudo isso, mas o que eu gosto de verdade é de pop chiclete. Desde que eu ouvi os primeiros versos de Wannabe, das Spice Girls, "I tell you what I want, what I really really want" na MTV, o pop chiclete ganhou um lugar imortal no meu coração. Na saudosa década de 90, eu tinha um milhão de fitas VHS (lembra Má ?), desde vídeos da Madonna, que eu alugava e acabei comprando na 100% vídeo, até gravaçãos de VMA inteiros, incluindo comerciais. Quem não lembra de Barbie Girl do Acqua, ou mesmo daquela célebre apresentação da Britney fazendo uma versão -cof cof- memorável de I can't get no? Eu morria com tudo isso, mas deixando um pouco a nostalgia de lado...

No final da primeira década de 2000, desde que Britnéia enlouqueceu, rolou uma baixa do pop, que ficou muito mais chato, até que finalmente veio Lady Gaga pra botar ordem na casa, e todo mundo teve que correr atrás: Beyoncé, Rihanna, Katy Perry e até a pobre da Britney. Com mais humor e se levando menos a sério - gente, é música pra dançar, é fundamental que seja chiclete - acho que estamos vivendo uma fase bem mais divertida na música pop.



Confesso que à primeira vista, não fui com a cara da Katy. Porque ela tem essa coisa de garota mais irritante do colégio, esse ar de piriguete inconveniente que paga uma de liberal. Mas meu coração foi amolecendo a cada hit chiclete, ainda mais depois do lançamento de One of the Boys, quando ela finalmente me ganhou, com Fireworks, mas principalmente com Last Friday Night ! Se não fosse tão caro e irritante ir à shows internacionais no Brasil - ainda estou traumatizada com o preço, a lama, as horas de fila e sem fazer xixi que enfrentei pra ver a Madonna, eu até teria pensado em comprar ingresso pro Rock in Rio (e ainda por cima ver o Elton John !!) ou vê-la hoje no Anhembi. Então aproveito para compartilhar com vocês cinco motivos que me fizeram mudar de idéia sobre ela.

5 Motivos para Amar Katy Perry !

1. Last Friday Night é um dos clipes mais divertidos das ultimas décadas !! Como não se identificar com a garota nerd de aparelho que magicamente se transforma em pinup dos anos 80 ? Quem nunca passou pelo mesmo drama de acordar depois de uma noite de sexta feira sem saber o que aconteceu ?



2. Ela usou a melhor fantasia de Haloween de todos os tempos. Me empresta o bigode, Katy?


3. É fato que a cultura pop influencia a moda, e por mais fabricada que Katy seja, temos que admitir: para o bem ou para o mal, seu figurino ajudou bastante na creysalização da onda retrô e garantiu muito vestidinho de bolinha, shorts jeans de cintura alta e outras pecinhas que a gente a-d-o-r-a, nos grandes magazines da vida.


4. Ela usa roupa de vinil. Qualquer mulher que creyssaliza roupa de drag, tem um lugar eterno garantido no meu coração, ponto!


5. É bem provável que tudo isso seja só pagação, mas parece que a bonita tá sempre se divertindo, fazendo a louca na balada, de um jeito que eu não via desde que a Ginger Spice deixou o grupo, ou desde que a Madonna virou uma tiazinha espiritualizada.

Katy, sua linda - VEM ME AMAR !!!

You May Also Like

3 Comenta aqui >>

  1. MENINA eu nunca tinha visto esse clipe pq tenho birra com Kate, Britney e afins!!
    Mas AMEI, anos 80 né...tinha como não amar!

    ResponderExcluir
  2. Ela é lindinha, mas as músicas...aiaiai, não gosto muito não!
    O estilo dela é demais, totalmente retrô...isso é perfeito!
    :)

    Beijos!
    =*

    ResponderExcluir
  3. " esse ar de piriguete inconveniente que paga uma de liberal."
    eu ri!
    Mas creyssalizar roupa de drag realmente não é pra qualquer um. Fora que ela arrasa até no acústico MTV.

    e tenho dito.

    ResponderExcluir

E você, me conta ? Este espaço é para trocarmos ideias ! Se tiver alguma dúvida, deixe um e-mail ou link para que eu possa responder, por favor.