Crônicas capilares: cabelo curto e novo velho ruivo.

by - sábado, dezembro 14, 2013


Quem me segue lá no face já viu meu cabelo novo, praticamente metade do tamanho que ele tinha.Chega o fim do ano, bate aquela vontade de se livrar de algumas coisas, e pra mim o cabelo é muito simbólico. Parece que aquele pedaço de você viveu todas as coisas boas e ruins, e por isso é fácil se apegar, mas também me parece simbólico deixar pra trás este 'peso' de vida, para abrir novos caminhos. Calma Anna, é apenas um corte de cabelo .... hehehe. Ou não, e acho que tem mais gente que pensa como eu, como neste ótimo post da Nina. 

O fato é que eu tive cabelo curto bastante tempo da minha vida, e só fui começar a deixar crescer longo do jeito que andava no fim da faculdade. E eu amo ter aquele cabelo enorme, meio Shakira, meio Maria Madalena. Durante toda a infância eu tive cabelo curto e tinha um pouco de trauma .... Quando adulta, acabei usando bastante essa altura dos ombros e uma vez que ele estava beeem comprido, na faculdade, depois de terminar um namoro, cortei bem curtinho e vendi as mechas num cabeleireiro, mas qualquer dia conto essas histórias capilares com mais detalhes. 


Eu tinha visto esta inspiração no Pinterest e esse cabelo maravilhoso não me saía da cabeça. Deu até vontade de fugir do ruivo e virar loira 'ombreé hair', mas enquanto essa coragem não aparece, ficamos só ousando no comprimento mesmo. Duas mulheres que estavam no salão ficaram chocadas ao me ver deixando 15 centímetros de cabelos cortados de uma só vez sem dó nem piedade. 

Quanto à cor, algumas pessoas notaram diferença, confesso que eu mesma fico meio pensando que não mudou muito, mas venho tentando puxar o meu vermelho pra uma nuance mais cobre já faz um tempo, e acho que o fato do cabelo mais escuro ter sido cortado fora colaborou para parecer que a cor é diferente. Tenho usado já há duas colorações esta combinação, 7/4 e special mix cobre 0/43, da Color Perfect. Comprei na internet, na Mega Salão, achei o preço bom, chegou rapidinho, tranquilo. Já estava de saco cheio de ficar perambulando pelas lojas do centro ouvindo negativas das vendedoras, que diziam até que a cor que eu procurava não existia. Como não existe, honey ?



Uma coisa que eu percebi nas minhas últimas tinturas, isso tanto em salões phynos (e caros de doer) ou barateenhos (onde o atendimento às vezes deixa a desejar), é que os cabeleireiros não gostam muito de ficar falando de colorimetria abertamente. Em um salão do centro de Campinas onde quase pintei, por sorte a loja de cosméticos perto dele não tinha a tinta da cor que eu queria, a cabeleireira insistiu que faria uma mistura e daria o tom do meu cabelo. Eu, querendo ter certeza se daria certo, perguntei que tom ela usaria, ela disse que dava pra fazer com 6,4, eu disse que não, que eu estava usando o 7, que queria a cor que eu queria, ora bolas. Quando perguntei educadamente 'mas qual exatamente a mistura', ela se ofendeu e disse que não ia sair me contando. Agradeci e sai do estabelecimento, mas fiquei super aborrecida, em dúvida sobre o quanto a mulher estava querendo me engambelar como consumidora, ou se eu estava sendo arrogante demais sobre meus parcos conhecimentos de colorimetria. E todo meu auto conhecimento capilar, meus 10 anos pintando e fazendo experiências com diversas marcas e tons de ruivos, não significam nada ? 


moral da história: acabando meus cursos de costura, vamos investir em um de colorimetria.

You May Also Like

7 Comenta aqui >>

  1. Ficou lindo Anna. Eu também cortei o meu que estava enormeeee e tou adorando o resultado. Na verdade desde que me casei venho mudando, meu cabelo sempre foi grandão e escurão, criei coragem e fiquei loira e rycaaaaa kkkkkkk. Apesar dos estragos que o loiro faz não consigo mais abandoná-lo hehe. Será que um dia serei ruiva? Talvez quando eu for mãe me venha essa vontade de mudar radicalmente novamente...
    bjs

    ResponderExcluir
  2. FIcou LINDO! Uso as mesmas tintas que você! :D (e ainda misturo a 0/34). Também amo mudar o visual no fnal do ano, penso da mesma forma, parece que um novo ano, pede uma nova mudança na vida e no visual! Pena que agora que consegui ficar "cabeluda" não vou poder fazer muita coisa :(

    Beijoss

    ResponderExcluir
  3. Que lindaaa!!! Um dia eu chego no ruivo

    www.metadefutil.com

    ResponderExcluir
  4. Também quero fazer um curso de colorimetria (onde me inscrevo? haha). Adoro os tons ruivos, mas agora já não tenho paciência, desbota muito rápido. Esse post sobre a ode ao cabelo curto terá continuação em breve. É que acabei de pintar meus fios com Olia, num tom meio roxo, meio ruivo. É bem fechado, bem escuro. Mas é exatamente a cor que eu procurava.
    E você está linda de cabelo curto!
    Abraços.


    www.cronistaamadora.wordpress.com

    ResponderExcluir
  5. Pois é Anna.. eu tenho birra de salão também. Eles sempre falam que é preciso descolorir todo o cabelo para ficar vermelho.. mas eu nunca descolori e sempre taquei a tinta em casa e ele fica do jeito que eu quero..rs Mas como a bagunça para pintar é enorme e dá trabalho, dei uma escurecida no vermelho, assim, quando tiver com raiz ninguém vai notar tanto.. hahaha.. acho lindo seu vermelho e espero que vc nunca pinte de loiro.. Sei lá, o vermelho é sua marca registrada, junto com o sorrisão lindo!

    ResponderExcluir
  6. Ana, teu tom atual tá lindo. Tô com um ruivo bem escuro, meio roxo, rs, mas vou tentar abrir um pouquinho mais. Deseje-me sorte! ;)

    ResponderExcluir
  7. Olhasóam mocinha!!! Boa sorte, força na peruca! Quero ver como vai ficar!

    ResponderExcluir

E você, me conta ? Este espaço é para trocarmos ideias ! Se tiver alguma dúvida, deixe um e-mail ou link para que eu possa responder, por favor.