Painel de referências [curso de moda em Buenos Aires]

by - segunda-feira, fevereiro 24, 2014

Quando você viaja sozinha/o, sempre acaba descobrindo um par de coisas sobre aquilo que você é e tudo aquilo que não é. Eis que, quando você precisa traduzir isto em imagens, a coisa fica interessante. Aliás, este é uma das dicas/exercícios que está no livro das meninas da Oficina de Estilo, e foi também um dos exercícios de um dos cursos (Diseño de Indumentária) que estou fazendo aqui em Buenos Aires. Precisei montar um painel que traduzisse graficamente o que eu entendo por "eu" e outro que fosse minha antítese, um "anti-eu". Desafio, porque aparentemente me sinto representada por tanta coisa .... de patinhos de borracha a travestis maloqueiras do Ru Paul's Drag Race. E o exercício é justamente eleger uma linha de pensamento que costure tudo isso. Revelador, porque é diferente de juntar coisas que eu goste ou que são agradáveis simplesmente, mas tentar traduzir aquilo que eu gostaria de dizer visualmente.
Com algum suor, eis o painel "eu":

{cheio de imagens que já tinha salvo aqui e não me lembro o crédito, mas as que lembro: ilustração de coração da Carol Burgo, a foto da menina com o rojão na mão, bem ao centro, é da minha aluna linda Clara, e as paperdolls vintage daqui, dica da Aline Lacroc, e ah, o padrão de photoshop usado no fundo é da Iemai}

E bem, foi díficil fazer a minha antítese também. Porque não quer dizer que as imagens abaixo não me atraiam, mas não tem nada a ver comigo: uma certa languidez, indiferença, ostentação. O engraçado é que apareceram cores mais desmaiadas como esse rosa pálido que eu amo e sempre compro roupas desta cor, que depois não consigo usar porque acho que não orna com o meu tom de pele e me deixa gordinha (por isso mesmo batizamos a cor de rosa porquinho). 



E vocês, já fizeram algum exercício parecido ? Recomendo fazer, nem que seja pra colocar no mural do quarto ou mesmo na geladeira e não esquecer do que a gente é feita.

You May Also Like

4 Comenta aqui >>

  1. Nossa que interessante esse exercício!
    Nunca me passou pela cabeça fazer isso, mas apesar de ser difícil conseguir se auto descobrir dessa forma, deve ser bem delicia o processo e o resultado final.
    Amei mais a primeira imagem rs, das coisas que você se identifica.

    Acho que faço um pouco disso quando dou a louca e faço colagem em diversas coisas minha, adoro!

    Beijao!

    ResponderExcluir
  2. Oi, Anninha! Já tinha feito esse exercício. Foi quando li o livro das meninas da Oficina de Estilo. É realmente muito difícil se definir e criar uma identidade visual. Nem sei se tenho uma, já que gosto de tanta coisa e misturo tantas influências na hora de me vestir. Adorei as fotos com as quais você se identifica, principalmente a matrioshka! Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Amei o exercício e achei seu painel muito meigo, doce e eclético. Fiquei com vontade de fazer um e enquadrar.
    :)

    ResponderExcluir
  4. Adorei essa ideia, não conhecia. Fiquei com vontade de fazer!
    Quem sabe agora que eu trouxe minha tablet eu não volto um pouco pro design (promessa antiga...).
    besos!

    ResponderExcluir

E você, me conta ? Este espaço é para trocarmos ideias ! Se tiver alguma dúvida, deixe um e-mail ou link para que eu possa responder, por favor.