Como usar o Facebook sem entrar no Facebook

by - terça-feira, janeiro 06, 2015

Ultimamente, toda vez que eu entrava no Facebook eu ficava muito incomodada - muita bad trip, muita postagem pessoal de gente com quem eu não tenho muita proximidade (mesmo que eu  esteja sempre tentando organizar meu feed e retirar assinaturas, é muita gente), muita procastinação e coisa inútil - e gente, eu adoro coisa inútil, gifs de bichinho, meme de travesti e tudo mais, mas quando vou ver, perdi completamente o foco e estou com umas 5 abas abertas que não tem nada a ver com o que eu estava fazendo naquele momento. É diferente do Pinterest, onde eu perco hooooras mesmo, mas que é gostoso, que me deixa feliz e inspirada.

Minha sensação depois de alguns minutos de facebook aberto era que eu estava deixando de viver / curtir minha vida em troca de .... nada útil ou realmente inspirador pra minha vida. Dois artigos muito legais do YouPix me fizeram pensar bastante sobre como nossas escolhas feitas dentro dessa rede social não nos representam e não nos fazem mais próximos. Confesso que fiquei até um pouco irritada com os vídeos de fim de ano, e este artigo traduziu um pouco do que eu estava sentindo:
"Provavelmente você deve ter lido que este “foi um grande ano! Obrigado por fazer parte dele” — vi isso e fiquei me perguntando se talvez uma conversa pelo chat ou alguns likes e posts me fizeram participar da vida dessas pessoas. Olhei o meu feed e vi que não lembro de ter participado da vida de alguns amigos que compartilharam essa frase, que vem junto com a retrospectiva sugerida pelo Facebook."
Mas Anna, se você não vê nada de bom na rede, porque não sai logo do Facebook ? Mais uma vez, um outro artigo do Youpix falando sobre como é díficil estar fora do face: grande parte da nossa interação social e inclusive nossa agenda está lá! Tem um monte de coisas legais também, claro, como o grupo do Rotaroots, grupos de bazar/troca/venda, grupos que se formam depois de um curso/oficina/projeto, organização de eventos, etc. Fora que é quase impossível pensar em trabalhar em um empreendimento criativo (meu caso), sem ser ativo e divulgar seus trabalhos em fanpages - muito embora cada vez mais eu só acredite em anúncio pago no Face pra resolver a equação algoritmo x aparecer no feed das pessoas x interação de verdade.

Ok, mas como tentar lidar com tudo isso de uma maneira mais saudável ?


faça login e perca o foco imediatamente - pergunte-me como

Entra em cena o meu grande guia: "Como usar o Facebook mas não precisar entrar no Facebook, sem perder o foco e continuar presente on-line, em quatro passos simples", disponível na Amazon kkk. Vamos lá:

>> Limite seu acesso!

Eu me recuso a instalar o aplicativo do Face no celular. Tenho só o Messenger porque não tem como, acabo tendo muita interação de trabalho ou mesmo amigo que não tem whatsupp combinando coisa, mas muitas vezes desligo as notificações. Só uso o facebook sentada no computador - com minha listinha de coisas a fazer do lado e o timer ligado pra apitar em 5 minutos.

Sempre que começo a trabalhar em um projeto com gente nova, tento explicar para meus colegas que não funciono por mensagem no face, que uso e-mail para demandas longas/normais, e whatsupp para combinar coisas rápidas ou avisar sobre urgências.

>> Dando truque com aplicativos!

Para atualizar e gerenciar a fanpage do Creyssa, por exemplo, eu tenho dois aplicativos que são uma mão na roda, o Gerenciador de Página (tem no GooglePlay) e o Buffer, que tem app móvel mas uso no navegador mesmo, para agendar postagens. Geralmente eu agendo no Buffer, pelo computador, e depois só acompanho pelo gerenciador, no celular. Também uso bastante o botão do próprio blog para compartilhar um post, quando escrevo e publico na mesma hora.

dando o truque no facebook


>> Integração é amor ♥

Pra não deixar o face às moscas, eu acabo integrando as redes que uso e gosto mais - no caso, o instagram e o pinterest, mas isso na minha página pessoal, não descobri como ou se existe uma maneira de encaminhar isso pra FanPage - mais fácil escolher o que quero compartilhar e agendar no Buffer mesmo. Tem gente que integra o twitter, mas não gosto muito. Outro ponto polêmico são os aniversários - é só usar algum app que sincroniza e manda pra sua agenda do Google.

>> Substitua por vícios mais saudáveis

Para receber informações sobre o que tá rolando na vida, tenho usado cada vez mais o Twitter @annakuhl. Como eu não usava a muito tempo, meu feed tava mais "virgem", daí ficou mais fácil limpar e escolher coisas legais pra seguir. Já cansei de falar o quanto sou a maluca do Pinterest e também gosto bastante do Instagram (@kuhlanna), mas venho tentando sempre dar aquela limpada, porque sincronizei com o face quando abri o meu, e aí veio uma galeeeeera, que vou deixando de seguir aos poucos, não porque não gosto de ninguém, mas porque quero usar essa rede para me sentir inspirada e não pra stalkear a vida dos outros. E quando é projeto, ao invés de abrir um grupo no Face, sempre tento convencer as pessoas a criar um painel no Pinterest ou uma pasta no Dropbox, pra dividir inspirações. E para interagir com as pessoas ? Mando carta. Combino de encontrar usando telefone, e-mail ou whatsupp. Faço post no blog, hehehe.

Usando esta dinâmica e estes aplicativos, tenho conseguido entrar bem menos no Facebook ultimamente. Minha frequência ideial é no máximo 1 vez por semana. De vez em quando, não tem como, tem que entrar, nunca pelo celular, sempre pelo navegador, e com uma lista do que preciso fazer lá: responder notificações, ver se tem algum evento que preciso botar na agenda, responder perguntas mais elaboradas que tive preguiça ou não respondi pelo messenger, abrir a caixa de entrada "outros" (quando a pessoa não é minha amiga e me manda uma mensagem, vai parar no outros), entrar nos grupos que eu gosto ou onde estou vendendo coisas do bazar, por exemplo. Mas ficar lá no face dando scroll na timeline por mais de 10 minutos, como se eu não tivesse louça pra lavar na pia, nunca mais.

E você, qual sua relação com o Face, ame-o ou deixei-o ?
Me conta se fui útil =)

You May Also Like

4 Comenta aqui >>

  1. Ai menina, o facebook pra mim é vício, mas eu uso de um jeito bem mais legal. Ao invés de ver as postagem das pessoas, eu clico na lateral "feed de páginas" e daí só aparece conteúdo das páginas que eu curto, é bom pra ficar ligada nas novidades e tudo mais. Agora o pinterest é uma loucuraaaa! Todo dia eu entro, e me sinto mais feliz... hahaha Às vezes, eu vejo seus pins sobre um determinado assunto lá meu feed, de um assunto bem aleatório, daí eu fico pensando: o que será que a Anna vai aprontar dessa vez?? Sério.. isso acontece muito! haha..

    ResponderExcluir
  2. Putz, verdade, ótima dica essa de ir direto nos feeds! Meu namorado faz isso - ele só usa o face pra ver promoção de dvd e fan page de coleção nerd, haha.


    E pode crer, meus boards do pinterest são crazys e super aleatórias às vezes, depende do que tô trabalhando, e às vezes tem coisas cabeludas =)

    ResponderExcluir
  3. Minina! Não tinha vindo no seu blog ainda esse ano! Que feio... E já tem tanta coisa bacana. adorei as flores secas e os desafios pra 2015, mas esse post do Facebook caiu como uma luva. Também sou dessas viciadas que reclama todo dia mas não larga o vício. Também desinstalei o app do celular (mas entro pelo navegador do celular do mesmo jeito, às vezes antes mesmo de sair da cama de manhã BAD!) e tentei limitar a ver só 1 vez por dia. Depois virou 1 vez de manhã e outra à noite. Aí voltei à rotina de ver várias vezes por dia... Como vc disse, é preciso redirecionar algumas comunicações para outros canais, pq às vezes entro só pra ver se alguém respondeu uma tal mensagem e me perco lendo a timeline toda. Aliás percebi que te mandei uma coisa no FB esses dias que podia muito bem ter sido por whatsapp ou email. Ai ai. Enfim, depois de ler seu post vou ver se me motivo a voltar a me controlar um pouco mais... beijo e força pra nóis! :)

    ResponderExcluir
  4. PS.: curti o design mais clean e essa fotinho aí no lado direito também é nova, né? está linda demais!!

    ResponderExcluir

E você, me conta ? Este espaço é para trocarmos ideias ! Se tiver alguma dúvida, deixe um e-mail ou link para que eu possa responder, por favor.