O que aprendi cultivando suculentas

by - sexta-feira, fevereiro 19, 2016

O que aprendi cultivando suculentas- Creyssa Phyna, por Anna Kuhl

No instagram e no snapchat, sou meio a louca das suculentas. É uma paixão recente, tem um pouco de modismo sim, já que não tem um feed de instagram, pinterest, ou revista de decoração que escape delas. 

A princípio, suculentas parecem ser mais fáceis de cuidar - precisam de menos água e muito sol; e talvez esta facilidade explique sua popularidade: meu marido costuma dizer que é a planta perfeita para mim, que sempre me esquecia de regar tudo. O que não quer dizer que você pode cuidar da suculenta de qualquer jeito, como em qualquer assunto, existe toda uma curva de aprendizado. Tem um post meu de 2013, falando um pouco das plantas que eu tinha naquele momento, assim que mudei para a casa onde moro hoje. E foi muito bom reler e notar que houve progresso por aqui, muito por conta do diálogo com pessoas mais velhas, com o meu marido biólogo, com as amigue (principalmente a Mércia, que é do time e arrasa com as suas suculentas), um pouco de pinterest e muita, mas muita observação sobre a população do meu quintal, que não pára de crescer.

O que aprendi cultivando suculentas- Creyssa Phyna, por Anna Kuhl

Cuidar de plantas no geral não é uma ciência exata, e isso é o mais legal da jardinagem, ao mesmo tempo o mais difícil. Claro que há direções como tal planta gosta mais de sol ou menos de água, mas a verdade é que no fim, é a planta quem vai te dizer isso. Você tem que observar em que lugar da casa ela fica mais feliz, e o quanto ela realmente precisa de água, além da regra da espécie, porque vai depender de quanto sol ela pega ou não.

O que aprendi cultivando suculentas

Dando o exemplo com a minha experiência - agora no verão, que está muito sol, as suculentas tem precisado de mais água do que a regra (que costuma ser de uma vez por semana). Também tem a questão das chuvas, assim que começou a chover muito eu ficava com muito medo e saía catando todos os vasinhos e trancando dentro de casa, o que logo percebi que era uma bobagem. Segundo meu consultor pessoal para assuntos verdes (aka marido): "a planta tomar chuva não é o mesmo que regar demais". São coisas diferentes, e se as plantas estão em local adequado de sol, não correm o risco de encharcar com a chuva.

O que aprendi cultivando suculentas- Creyssa Phyna, por Anna Kuhl
Aqui em casa as suculentas que mais vão pra frente são as "decendentes" que brotam do primeiro vasinho que apareceu por aqui, uma muda feita pela minha sogra. E aos poucos também você vai entendendo que nem todas brotam pelas folhas, e algumas você precisa esperar para pegar uma muda de algum galho dela. 

O que aprendi cultivando suculentas- Creyssa Phyna, por Anna Kuhl

E depois vieram muitas outras, que vou comprando / ganhando dos amigos, até da dentista e da minha depiladora, grande amiga e guia dessas conversas sobre suculentas. Também gosto de fazer mini mudinhas e dar para os amigos que aparecem em casa. 

O que aprendi cultivando suculentas- Creyssa Phyna, por Anna Kuhl

O que aprendi cultivando suculentas- Creyssa Phyna, por Anna Kuhl

O que aprendi cultivando suculentas- Creyssa Phyna, por Anna Kuhl

Quem aí também está aprendendo e procurando fontes sobre plantas e jardins ?
Pretendo fazer mais posts sobre este assunto, com consultoria profissional, o que vocês acham?

You May Also Like

0 Comenta aqui >>

E você, me conta ? Este espaço é para trocarmos ideias ! Se tiver alguma dúvida, deixe um e-mail ou link para que eu possa responder, por favor.