No show da Madonna

Aheeee !! Hoje é o aniversário da nossa Creyssona favorita, a dona Madonna Loise Ciccone que completa 52 aninhos e por sinal tava linda na sua pré-festinha.

O nosso jeitinho creysso de comemorar será relembrar o show do dia 21 de dezembro de 2008, no Estádio do Morumbi, na fatídica passagem pelo Brasil que faria Madonna levar de brinde pra casa aquela bonequinha barbada que é Jesoos Luz. Tudo bem, desastres à parte, o show foi lindo e memorável, embora os fãs mais chatinhos, o empurra-empurra e as 12 horas de fila em pé sem fazer xixi me fizeram QUASE querer esquecer do show, sem contar a novela que foi pra conseguir os malditos ingressos pista vip, embora tenha rendido uma noite engraçadíssima, com direito a banho de lama às seis da manhã. Bora lá então, relembrar nossos momentos de "Na lama com Madonna":

E nesse dia a gente teve um bonus: por causa da chuva, o público foi liberado de entrar no estádio mais cedo, lá pelas 16h, e Madonna apareceu antes, vestida casualmente, pra passar o som,e acabou cantando umas três músicas, dizendo "I'm gonna give you a litlle free show" . Free ???? Sorry Madonna, mas com a grana que eu paguei a senhora devia estar cantando lá em casa de graça até hoje.

Só pra comparar, na primeira foto a gente tinha acabado de chegar e ainda estávamos dignas e secas. Já na segunda, essa era a cara das creyssas, molhadas de chuva e empurradas pela multidão, após o showzinho grátis da Madonna, quando a gente realizou que SIM, íamos vê-la assim tão de perto. Foi muita emoção. A gente ficou bem pertinho da grade, o que foi legal porque a Madonna literalmente cuspia na nossa cara, mas em compensação o povo EMPURRA como se estivesse fugindo de um ataque de dinossauros zumbis famintos.

Figurinos power ranger com franja (blé) e o Justin de penetra.

Esse figurino era da parte cigana, e ali onde vemos Madonna abraçando um jedi, foi quando ela cantou Like a Prayer e uma das várias vezes em que eu chorei.

Os telões eram espetaculares, a estrutura do show é muito digna.

Os dançarinos são espetaculares também: se não tivesse a Madonna, eu ficava lá só vendo eles dançarem.

She's not me: um dos melhores momentos do show, com todas as dançarinas vestidas madonnamente. E ao lado, um momento super creysso com a galera vestida de bandeira do brasil, tipo copa do mundo.

Vogue: melhor figurino do mundo.